O Sentido se Sente com o Corpo 

O espetáculo de dança cria uma atmosfera etérea, propondo uma fruição meditativa em contraposição ao ritmo acelerado do cotidiano urbano. Através da ressignificação dos corpos e das relações das bailarinas, o espectador é convidado a redimensionar seu próprio significado de corporalidade. O trabalho aborda a relação feminina com a natureza e foi inspirado pela obra da poetisa brasileira Josely Vianna Baptista, cujos poemas influenciaram a criação de cenas e o título do trabalho.

 

A coreografia representa os elementos terra, água, fogo, ar e vegetal, refletindo suas diferentes dinâmicas, enquanto os corpos das duas intérpretes evocam formas ancestrais e míticas do universo feminino. Neste sentido, ao reafirmar a figura da mulher enquanto ser em conexão com a natureza geradora da vida, pode-se refletir sobre seu papel social e cultural na sociedade.

 

As texturas sonoras foram criadas especialmente para o espetáculo, dialogando de forma sensível com a coreografia e sendo executadas ao vivo por dois músicos percussionistas. O espetáculo recebeu recentemente o Troféu Açorianos de Dança 2017 de Trilha Sonora.

Atrizes bailarinas: Kalisy Cabeda

e Sissi Betina Venturin

Orientação: Sayonara Pereira

Texturas Sonoras: Jorge Peña e Duda Cunha

Técnico de som: Daniel Roitman

Iluminação: Rodrigo Pannacci e Leandro Gass

Poesias: Josely Vianna Baptista

Filmagem: Carolina Rocha

Cartaz: Gabriel Bitar

Fotografias: Rafael Avancini, Rogério Ortiz e Yu MIWA

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now
O Sentido se Sente com o Corpo _ Coletivo Âmago _ foto Rafael Avancini