BANHO DE GONGOS com Jorge Peña

10/07/2017

O músico Jorge Peña estará realizando uma vivência de BANHO DE GONGOS no sábado dia 21 de outubro às 17h, em Porto Alegre pela primeira vez, numa oportunidade única e graças à produção da temporada do espetáculo de dança do Coletivo Âmago, O SENTIDO SE SENTE COM O CORPO, para o qual ele criou as texturas sonoras: de 19 à 22 de outubro (quinta à domingo) às 20h no Teatro Bruno Kiefer.

 

Jorge é músico percussionista, terapeuta de Reiki e musicoterapia. Já a alguns anos vem desenvolvendo o Banho de Gongos, realizando-o principalmente em São Paulo, em importantes lugares como a Casa Jaya, centros de Yoga e recentemente convidado pelo Sesc Pinheiros para apresentar-se.

 

O Gongo, instrumento de metal vindo do oriente, emite frequências sonoras muito poderosas e intensas. Quando tocado perto do corpo pode-se sentir a interferência das ondas, que criam um campo sensorial e acústico, equilibram e alinham a energia corporal. Hoje o Jorge trabalha com sete gongos de diferentes tamanhos, um para cada chakra. Eles são tocados como num concerto de música, produzem uma sonoridade muito bela e envolvente, aludindo aos sons do universo.

 

Um Banho de Gongos é uma imersão total ao centro do nosso ser. Estes instrumentos tão antigos e poderosos nos levam a um estado de profunda meditação, relaxando todo o corpo e produzindo um momento único de harmonia e cura nos campos físico, espiritual e emocional. Nossa mente, alma e corpo vibrando numa sintonia única e benéfica. Esta massagem sonora ajudará a:

 

- desbloquear e liberar pensamentos e sentimentos não benéficos ao nosso cotidiano,

- equilibrar a mente e as emoções,

- estimular todo o sistema glandular,

- regenerar o sistema nervoso,

- harmonizar e curar em todos os níveis.

 

"Algo mágico acontece a cada Banho de Gongos, algo que deixa você em contato com seu coração. Nossa alma se manifesta onde o silêncio mais profundo existe, além das polaridades da mente e de nossas vidas. Este som levará a um lugar de silêncio, quietude, onde não existe o tempo. Se meditas no som primordial, encontrarás o nunca visto, escutarás o nunca escutado e sentirás o que nunca sentistes." - Inspirado em um texto de Yogi Bhajan e experiências práticas de Jorge Peña.

 

Queremos, portanto, convidar todos a participar desta oportunidade única! Em outra circunstância o Jorge não traria para Porto Alegre o Banho de Gongos. Por ser de difícil transporte, os instrumentos são grandes e pesados, ele não viria se não fosse devido à produção do espetáculo. É uma chance maravilhosa de receber este presente, pelas mãos poderosas e experientes de um músico que já tocou com grandes companhias de teatro e dança, como o Grupo Ornitorrinco e a São Paulo Companhia de Dança, participa dos grupos de música experimental Ñande Ru, Amálgama e Orquestra Mediterrânea, gravou seu disco "Texturas Sonoras", apresentando-se em vários países da América e Europa, e teve a honra de ser convidado por Mercedes Sosa para tocar com ela em seus shows.

 

 

BANHO DE GONGOS com Jorge Peña:

Dia 21 de outubro, sábado, às 17h

Teatro Bruno Kiefer da Casa de Cultura Mário Quintana

Classificação: livre 

Duração: aproximadamente 45 minutos

Investimento: R$ 80,00 por pessoa

Os participantes podem acomodar-se sentados ou deitados 

 

*** Pedimos que confirmem participação até o dia 13 de outubro através do e-mail coletivoamago@gmail.com. Sujeito à lotação. ***

 

Gratos! Esperamos vocês neste encontro musical e transcendental!

 

>> Conheça mais os Gongos de Cura em https://www.facebook.com/gongosdecura/

 

>> Assista também a temporada do espetáculo de dança "O Sentido se Sente com o Corpo", para o qual Jorge criou as texturas sonoras com diversos instrumentos percussivos e estará tocando ao vivo com Duda Cunha. É outra oportunidade imperdível de ver o trabalho sensível do músico juntamente com a coreografia das atrizes-bailarinas Kalisy Cabeda e Sissi Betina Venturin e poemas de Josely Vianna Baptista.

 

"O Sentido se Sente com o Corpo"

19 à 22 de outubro (quinta à domingo), às 20h

Teatro Bruno Kiefer

Casa de Cultura Mário Quintana

(Rua dos Andradas 736, 6o andar. Centro Histórico - Porto Alegre)

 

https://www.coletivoamago.com/single-post/2017/10/04/Curta-temporada-de-O-Sentido-se-Sente-com-o-Corpo 

https://www.facebook.com/events/1448297941874177

 

 


JORGE PEÑA

 

É uruguaio radicado no Brasil, fotógrafo, percussionista e sonoplasta. Formado no nível III de Reiki. Artista experimentador e inventivo, tem realizado encontros e oficinas de percussão no Brasil e no exterior, em centros culturais, penitenciárias (Alemanha e Brasil) e também no seu estúdio "Útero" em São Paulo, abordando temas como coordenação motora, memória auditiva e sonoplastia. Há mais de 37 anos, desenvolve texturas e paisagens sonoras para Dança e Teatro, em espetáculos como “O Doente Imaginário” e “Sonho de uma Noite de Verão” do Grupo Ornitorrinco; “Instantâneo” e “Corpo Plástico”, performances criadas em parceria coma coreógrafa e dançarina Letícia Sekito e “Salomé” criação multimídia de José Possi Neto, dentre outros. Na música, acompanhou grandes nomes como Mercedes Sosa e participa de grupos experimentais como Ñande Ru, Amálgama e Orquestra Mediterrânea com Cd e DVD lançado pelo selo Sesc. Suas criações sonoras renderam-lhe o álbum “Texturas Sonoras” lançado em 2008 e apresentações por todo o Brasil e pelo mundo, em países como Estados Unidos, Alemanha, Espanha, Holanda, Suíça, Itália, Costa Rica e Coréia do Sul. Participou do projeto "Amálgama"  com o "Grupo de Euritmia de São Paulo" com turnê por México, Alemanha, Suíça, Itália e Holanda. Em 2010 turnê pelo Brasil e Alemanha com a Andcompany&Co. de Berlin, apresentando FatzerBraz. Criou a Trilha para o espetáculo "AreaReescrita", da Companhia de Dança Contemporânea J. Gar.Cia. 2010, 2011. Também trilhas para a Companhia São Paulo de Dança. Criou e tocou ao vivo a trilha do espetáculo "Homem não entra" com a Companhia Pessoal do Faroeste do diretor Paulo Faria com a qual desde 1999 trabalha como sonoplasta, coordenador e ator, tendo mais de 10 espetáculos já montados. Fez a Abertura do "PALCO ARTE CORPORAL"  na Virada Cultural 2012 com a direção de Luciano Iritsu. Tocou em "Rosa Rubro Sangue" celebração/ritual, direcionado para a cura, com Marina Monteiro, e em "Caminos del Alma" celebração/ritual, direcionado para a cura, com Celeste Pancera. Fez as Texturas Sonoras para todas as apresentações do  grupo de suspensão e modificação corporal "3º CIELO" com Luciano Iritsu e T.Angel. A partir de 2004, após uma breve residência em La Branche, Suíça, com a mestra Helge Hamarer de Música e Cromo Terapia, dedica-se inteiramente a Arte de Cura através do Som. Em 2013 criou e tocou ao vivo as texturas sonoras do espetáculo “O Sentido se Sente com o Corpo”, do Coletivo Âmago. Em 2016 fez cursos de Mandalas e Abertura dos Chakras com a Mestra Eliza Nisyama em São Paulo. Atualmente vem desenvolvendo um estudo com Gongos e outros instrumentos de Cura para pessoas com doenças perigosas junto com Meditação, exercícios, acupuntura, alimentação, homeopatia e silêncio.

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now